quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

A cara do verão! Slackline e Stand Up Paddle

Oi girlies,

Já falamos tanto por aqui de moda, beleza, fofocas...

 Resolvi mudar um pouquinho, hoje trouxe um post sobre dois esportes, que vocês já devem ter ouvido falar, e ter visto muitos famosos praticar. O Slackline e o Stand Up Paddle, famosos como Isis Valverde, Caio Castro, Gisele Bündchen, Giovanna Ewbank, Márcio Garcia praticam.

 Vou explicar, certinho pra vocês!

 Vamos lá?

Estilosa, Giovanna Ewbank subiu pela primeira vez na fita de slackline nesta terça, 14

  Vamos falar primeiro sobre o Slackline, é um esporte que melhora a postura, aumenta a concentração, e ainda fortalece os músculos.

  Em menos de trinta minutos praticando o esporte, você já sente o trabalho dos músculos da perna, dos braços , abdômen e glúteo. É um esporte que trabalha com todo o corpo.

  O esporte não tem contraindicações ou oferece risco, se feito com prudência. Vale, para os iniciantes, procurar um instrutor ou alguém com experiência para ajudar nos primeiros passos na corda. O slackline pode ser praticado em parques, praias, e até em locais fechados.


"O primeiro passo para se chegar a algum lugar é decidir que você não quer mais ficar onde está", escreveu Gisele Bündchen para legendar a foto na qual aparece em cima da corda
  Veja as diferentes modalidades de slackline
 
 Trickline - Com manobras de salto e equilíbrio extremo, é a categoria mais praticada e exige muita habilidade. É realizada com a fita a, pelo menos, 60 centímetros do solo.
 Longline - Prática em fitas com o comprimento a partir de 20 metros. Exige condicionamento físico já que, quanto maior o comprimento, mais força muscular é necessária para manter o equilíbrio.
 
 Highline - Se você tem medo de altura, fuja dessa modalidade. Praticada em alturas superiores a cinco metros, exige conhecimento técnico, concentração e preparo físico. Também é importante praticar com equipamentos de segurança.

 Waterline - É o esporte feito sobre a água - em praias, piscinas ou rios. O objetivo é não cair, mas num dia de verão uma queda não será tão ruim assim.

 Surfline - Muito praticada como treinamento de equilíbrio para surfistas. Nessa categoria, deixa-se a fita mais solta e flexível, simulando os movimentos de equilíbrio do surfe.

 Yogaline - É a prática da ioga sobre a fita do slackline, exige muita concentração e conhecimento das duas atividades.


Caio Castro e André Martinelli praticam slackline nas praias cariocas
 
Agora é a vez do Stand Up Paddle!
 
Isabelli
 
 
O Stand Up Paddle ou SUP, como também é conhecido, nada mais é do que uma variação do surf, praticado em pé e com o uso de remos.

A modalidade vem sendo praticada no Brasil desde 2007, mas só no ano passado é que ela realmente ganhou os brasileiros. De lá pra cá, pipocaram fotos de famosos em suas pranchas e é cada vez mais comum ir à praia e se deparar com algum praticante. Mas o que esse esporte tem de tão atraente que nos deixa morrendo de vontade de largar tudo e passar uma temporada no mar?

O SUP trabalha todo o sistema cardiovascular, tonifica a musculatura de membros inferiores e superiores e queima em torno de 350 calorias por hora de prática.

Para se manter em equilíbrio na prancha sobre a água, o praticante precisa manter suas coxas e abdome contraídos, o que é um ótimo exercício para a tonificação destes músculos – e dos glúteos também. Além disso, ao remar, o indivíduo fortalece toda musculatura relacionada com os ombros (Peitoral, Deltóide, Trapézio entre outros músculos) e ajuda a fortalecer as articulações dos tornozelos, joelhos e quadris também.

Além do gasto calórico, do equilíbrio, da tonificação dos músculos e do preparo físico, o Stand Up Paddle traz outro importante benefício: o bem-estar e a saúde mental. A prática de uma atividade física ao ar livre e em um ambiente agradável, como a praia, é um dos maiores benefícios do esporte.


O que acharam desses dois esportes? Particurlamente adorei tanto o Stand Up Paddle quanto o Slackline, os dois são interessantes, já quero praticar! Haha

Qual vocês preferem?

Beijinhos,

Vivian.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário