sábado, 21 de junho de 2014

Dicas para usar e abusar das botas de cano alto

Oi girlies,

Selecionei 5 dicas bem legais para quem quer arrasar com as botas de cano longo neste inverno. 
Vamos ver?

A cada temporada outono-inverno, a bota de cano alto se reinventa como tendência de moda. E neste inverno a peça vai aparecer com texturas, cores e tecidos variados. As clássicas botas de couro de salto fino ou montaria, é claro, permanecem. Mas a bota de cano alto exige um perfil de usuária e combinações harmoniosas.

Quem pode usar bota de cano alto?

Quando a bota fica dois dedos abaixo dos joelhos, já é considerada cano alto. E por isso, é mais indicada para mulheres com pernas finas e longas. Não significa que quem não tem esse perfil deva excluir a peça da lista de opções para o look. Existe um critério. Se a bota de cano alto fica apertada na panturrilha, é melhor não usar. Nesse caso, é mais indicado optar por uma bota de cano curto. 

Legging, saia, shorts e skinny: as melhores combinações

Use a bota com legging, calça skinny, vestidos, saias e shorts

As duas primeiras opções pedem looks com a calça e a bota da mesma cor para não dividir a perna em duas partes. Casacos e suéteres ficam responsáveis por fazer sobreposição e dar um toque de cor no look. E por falar em cor, ao optar por uma bota colorida, use uma saia, bermuda ou um vestido e deixe à mostra um pedaço da perna. Entre a bota e a saia precisa existir um espaço de 15 a 20 centímetros. É um truque para não ‘quebrar’ o visual. A regra deixa de ser válida para botas de cano altíssimo, acima do joelho. Com esse modelo, o ideal é que a perna toda fique escondida.

Alta ou baixa: modelos para todos os estilos

A bota é uma peça-chave no inverno. Não pode faltar no guarda-roupa. E não tem desculpa para não ter uma, já que a próxima temporada contempla calçados de todos os estilos. A bota de cano alto e salto fino - uma das queridinhas das mulheres - surgiu nos desfiles da Balmain, de Andrea Incontri e de Jean Paul Gaultier. A bota sem salto ou com salto baixo também apareceu como tendência nos looks desfilados por Balmain e Missoni. E como não poderia deixar de ser, a bota de montaria, que é um clássico, também está moda, como mostrou o desfile da Ruffian, em Nova York. Mas a novidade - que tem potencial para ganhar as ruas - é a bota de cano altíssimo, colado ao corpo e feita com tecido, como a que foi desfilada na coleção de Emilio Pucci.

Como usar bota estampada ou texturizada

O mix de estampas está na moda, mas exige cuidado. Para não errar, o ideal é que as padronagens tenham o mesmo tom, que as cores sejam da mesma família. Outra dica básica: use, no máximo, duas peças estampadas. Se a bota é uma das peças escolhidas para compor a mixagem, o outro item precisa ser pequeno. “Não dá para usar vestido e bota estampada”, completa.

Bota x bolsa

Para aquelas que se perguntam: devo combinar a bota com a bolsa? A bota tem que harmonizar com a bolsa para criar um visual equilibrado. Mas as duas peças não precisam, necessariamente, ser da mesma cor. Mesmo a bota sendo de cano alto, o que já deixa o look com bastante informação visual, a maxibolsa está liberada. Na verdade, no que diz respeito ao tamanho da bolsa, o que vale é a regra do horário: Quanto mais tarde, menor a bolsa. Mas vale lembrar que o couro deixa o visual “pesado”. Portanto, se a bolsa e a bota forem de couro, tem que estar bem frio. Caso contrário, opte por fazer um mix de materiais e texturas.


Espero que tenham gostado! 

Beijinhos,

Vivian. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário