domingo, 29 de maio de 2016

"Não foi, mas poderia ter sido" ei, não implore por amor!

 Olá meus amores, 

 Já falamos esses dias atrás sobre um assunto bem parecido. Vocês pediram, pediram e a gente vai falar mais uma vez de relacionamentos e frustrações. 
 Quando somos pequenos, aprendemos basicamente que durante nossa existência devemos estudar, trabalhar, conhecer o grande "amor da nossa vida", casar e ter filhos. Até aí tudo bem, mas ninguém avisou que esse lance de "encontrar e viver um amor de verdade" seria tão complicado assim. 
 Não que todo o resto não tenha suas complicações, mas um dos maiores desejos de todas as pessoas no mundo é amar e principalmente, SER AMADO. 
 Sei que é importante encontrar a felicidade em nós mesmos, mas simplesmente não consigo me ver feliz em um futuro sozinha. 
 Só que aí surgem a maioria dos problemas. Nesse "desespero", nessa necessidade quase que "instintiva" de encontrarmos e estarmos com alguém, as pessoas acabam ignorando a razão e a própria essência do amor. 


 Por exemplo: o fim de um namoro acaba sempre sendo algo trágico para uma das partes. Tirando as raras exceções em que ambos os lados concordam mutuamente que não vale mais a pena continuar, alguém é sempre surpreendido pelo famoso "pé na bunda" e acaba se afogando em lágrimas por dias, semanas e ás vezes até meses. 
 Tem gente que nunca supera um término. Passa a vida toda amargurada com aquilo, pensando em tudo o que "não foi, mas poderia ter sido". Muita gente sofre por um amor não correspondido e eu super entendo, afinal, a gente não manda no coração, mas, sinceramente? Escolha e queira RECIPROCIDADE. 


 Seu namorado lindo, fofo, maravilhoso te deixou? Jura? Que pena! Se acabou é porque o amor dele por você não era suficiente. Ele não te ama mais! Você tem certeza que vai querer passar a sua vida com alguém que você ama perdidamente, mas que não dá o menor valor para isso e não te oferece nada em troca? 
 Pra quê se humilhar por alguém que simplesmente te deixou ou se rebaixar por alguém que te traiu? Se alguém acabou com a sua confiança e fez pouco caso do seu amor e da sua presença, é claro que no começo você vai ficar magoada, mas dê graças á Deus pelo fato de a pessoa ter saído da sua vida antes que fosse tarde demais. Amor não é repressão, não é sofrimento, não é medo de perder. Amor é felicidade, é alegria de estar junto, é confiança e certeza
 Insegurança é até normal, mas ficar neurótica e fazer de tudo, vigiar (já fiz isso e percebi o quanto fui idiota, ok! Pelo menos aprendi), se matar para dar certo chega a ser idiotice. Você só está tentando prolongar o tempo de algo que já está predestinado a dar errado.
 O amor a gente não pede, só recebe. E se não vem de graça, não tem porque implorar. Não fique insistindo na pessoa errada. Se acabou, ACABOU e nem o choro, ou MUITO MENOS a piedade, vão fazer o sentimento voltar. 
 Achar que a sua vida acabou junto com o seu relacionamento é a maior besteira que alguém pode fazer. Se a pessoa foi embora por conta própria significa que ela não escolheu ficar do seu lado. Você NUNCA seria feliz com ela, pode ter certeza! 
 Você vale bem mais do que um amor desgastado e noites em claro pensando se vale a pena ou não continuar, tentando adivinhar se ele te ama de verdade. Bem mais!

 Espero que tenham gostado! 
 Beijinhos, 
 Vivian. 

6 comentários:

  1. Gabriela Freitas29 de maio de 2016 10:48

    Nossaa, que post perfeito! s22

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Que bom que você gostou, fico feliz!
      Obrigada pela visita e pelo carinho!
      Volte sempre!
      Beijinhos!

      Excluir
  2. O tapa na cara que eu precisava :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Que bom que você gostou, fico feliz!
      Obrigada pela visita e pelo carinho!
      Volte sempre!
      Beijinhos!

      Excluir
  3. Tapa na cara de muitas viu, na verdade, bofetada mesmo… Leu meus pensamentos, minha situação… Chocada…

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Que bom que você gostou, fico feliz!
      Obrigada pela visita e pelo carinho!
      Volte sempre!
      Beijinhos!

      Excluir