sábado, 18 de junho de 2016

Liberte-se

 Olá meus amores,


 Nascemos e crescemos ouvindo mil e umas coisas sobre perdão, perdoar, Deus perdoou e por aí vai. Eu nunca me dei conta do que seria realmente perdoar alguém e de como isso poderia vir a mudar as coisas para quem quer que fosse, quanto mais para mim. Talvez seja porque nunca senti a real necessidade de perdoar, porque nunca ninguém fez algo que tenha me atingido de verdade.

 Eu me machuquei e me magoei algumas vezes em relação a algumas pessoas, me decepcionei com outras, mas tudo passa, já que nunca fui de ficar brava por muito tempo, sou do tipo que briga e dois minutos depois estou tentando acertar as coisas, minha mãe que sempre me diz isso.

 Só que o tempo passa e vão acontecendo algumas coisas em nossas vidas e que acabam nos tirando do chão por algum tempo. Dói sim, você sofrerá bastante, mas com o tempo você irá parar de pensar naquilo, vai esquecendo os detalhes de quem te magoou e com isso você acredita que tenha superado, passado por cima e seguido em frente, mesmo que não tenha resolvido as coisas.

 Na verdade, você só deixou de lado a ferida, deixou de pensar no que e em quem te fazia sofrer. É como se quando o assunto voltasse a tona, você já afastava da mente com qualquer outra coisa. Você não se permite nem chegar perto da ferida, acredita naquele velho ditado "o que os olhos não veem, o coração não sente". Por um tempo você consegue ser assim, foge da dor que insistia em se fazer presente e tentando ignorar, como se você, evitando os fatos, pudesse apagar o passado.

 O único problema é que sempre que isso vem na sua cabeça, vem acompanhado e um nó na garganta, uma tristeza e um ressentimento gigante. Você sente a mágoa e a angústia te destruir.

 O tempo passa como se nada tivesse acontecido, mas qualquer coisa te traz aquele mal estar de volta, em menos de um minuto você mergulha na tristeza. Você acha que um dia vai esquecer, que o tempo fará esquecer e aos poucos tudo aquilo irá virar poeira. Só que não. Parece que quanto mais você tenta fugir daquilo, maior é a dor no coração, aquela ideia de coisa mal resolvida. Você passa a se sentir vítima. Você começa a chorar como se estivesse lembrando de um bandido assassino que tenha acabado com a sua felicidade. Você se sente injustiçada, acreditava que de alguma forma o outro deveria ser punido por ter errado com você.


 Mas a verdade é que você precisa perdoar. Perdoar o outro e se perdoar. Um dia em casa, em um desses momentos em que você cansa de fugir dos seus próprios pensamentos e que tudo vem a tona, você se pega chorando, aos prantos, porque percebe que PRECISA perdoar. O outro obviamente nem deve saber o que está passando pela sua cabeça e como é difícil e ao mesmo tempo necessário para você. Depois de tanto tempo e de uma hora para outra fica claro para você como aquilo era importante.

 Você não precisa ir até a pessoa e bater na porta dela para dar o seu perdão, você precisa perdoa-la dentro do seu coração, porque aquela mágoa esta acabando com você e não com o outro. Aliás, todo sentimento do gênero, como inveja, ódio, raiva, ciúme só destroem a nós mesmos e nos fazem enxergar o mundo e as situações de uma maneira completamente distorcida e obscura.

 Eu não sei se a palavra certa é perdão. Quando você perdoa, de coração e para si mesma, a sensação amaga de "querer justiça" some e tudo o que você tentava evitar foi embora e deu lugar apenas para a saudade.

 É claro que você não vai esquecer do que aconteceu, tudo o que sentiu, mas não precisa mais fugir. Não tenha mais medo da mágoa voltar a te assombrar. Quando você perdoa, você fecha uma ferida que estava exposta, aberta, e só você que não queria ver.

 É maravilhoso perceber que você estava tentando fugir da sua própria cura o tempo todo e a partir do momento que você perdoa a alma e o coração passa a ser livre. Porque o perdão não liberta o outro e sim o seu próprio coração.

 Já vi pessoas perdoarem o que muitos consideravam "imperdoável" mas hoje vejo que só com o perdão elas se libertariam da dor da ferida, porque ninguém nesse mundo pode ser verdadeiramente feliz se guardar consigo ressentimentos e mágoas. A gente só se liberta quando liberta o outro alguém, da dor, da culpa, da raiva, do ódio, do que quer que seja que pese em nosso coração.

 Espero que tenham gostado!

 Beijinhos,

 Vivian.

8 comentários:

  1. Respostas
    1. Olá,
      Que bom, fico muito feliz!
      Obrigada pela visita e pelo carinho!
      Volte sempre!
      Beijinhos!

      Excluir
  2. Que texto heinn, top

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Que bom, fico muito feliz!
      Obrigada pela visita e pelo carinho!
      Volte sempre!
      Beijinhos!

      Excluir
  3. Respostas
    1. Olá,
      Que bom, fico muito feliz!
      Obrigada pela visita e pelo carinho!
      Volte sempre!
      Beijinhos!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Olá,
      Que bom, fico muito feliz!
      Obrigada pela visita e pelo carinho!
      Volte sempre!
      Beijinhos!

      Excluir